Governo adia mudanças do MEI para 2021

Governo adia mudanças do MEI para 2021 depois de toda polêmica envolvendo a decisão de retirar atividades relacionadas a cultura da lista de ocupações do MEI.

A equipe econômica, contudo, mantém a determinação de revisar todas as 500 atividades enquadradas no programa, para adequá-lo ao conceito de “empresário”, estabelecido pelo Código Civil. De acordo com seu artigo 966, não se encaixa nessa definição quem exerce profissão intelectual, de natureza científica e literária.

No último final de semana a pressão contra a decisão do governo foi forte nas redes sociais e em todo canal de mídia online, onde o próprio presidente precisou se manifestar no twitter sinalizando que iria recuar da decisão.

Caso você tenha perdido tudo isso clique aqui para ver um resumo de tudo.

O Jornal o Globo preparou uma matéria exclusiva para assinantes sobre como fica agora com o adiamento das mudanças para 2021 – clique aqui para ler.

Jonas Gonçalves

Jonas Gonçalves

Auxiliar de Escritório a 9 anos no Escritório Contábil Monvic, na cidade de Doutor Camargo-PR, acadêmico de Ciências Contábeis pela Unifamma em Maringá-PR, formado em Técnico de Auxiliar Administrativo pelo CEBRAC. Blogueiro desde 2010, fundou o Atualiza MEI em 2015 para prestar suporte aos Microempreendedores Individuais, sanando as dúvidas e ensinando a executar suas rotinas por si mesmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.